Como saber se um cosmético está fora do prazo ou estragado?

 

Cosméticos estragados podem gerar grandes problemas na sua pele.


Mesmo dentro do prazo de validade os cosméticos podem estragar e causar problemas como irritações na pele e alergias. Podem apresentar mudanças no cheiro, na textura, na cor e até mesmo na aparência. Mas como saber quando deitar seus produtos para o lixo? Afinal, muitos podem apresentar um aspecto diferente quando as embalagens ainda estão quase cheias. Seleccionamos algumas dicas para você identificar problemas na sua maquilhagem e descartá-la antes de ter problemas mais sérios. Confira:

 cosmetico

Cheiro estranho

Quando deteriorado, o produto ganha um aroma diferente da original. Se o do seu cosmético perdeu um pouco da intensidade, não se preocupe. Isso é normal. Mas, se você detectou um odor desagradável (azedo ou ácido), pode ser um sinal de que alguma coisa está errada.

Textura diferente

Alterações na consistência podem ser subtis - mas significantes. Por exemplo: o seu hidratante corporal ficou mais grosso (ou mais aguado) do que o normal ou aparenta uma textura granulada? Esses são indícios de instabilidade na fórmula da emulsão. Isso quer dizer que os ingredientes diluídos nas partes oleosas e aquosas estão se separando. Quando isso acontece, o produto deixa de funcionar da maneira que deveria e pode irritar a pele.

Cor alterada

Produtos coloridos são sensíveis à luz, por isso não é incomum que eles apresentem uma mudança de coloração - principalmente quando vêm em embalagens transparentes. Tenha em mente que uma mudança ténue na cor não é necessariamente um sinal de que algo vai mal com suas maquiagens. Mas se um batom vermelho ficou laranja... Há algo errado com ele.

Manchas estranhas

O produto tem pontos escuros? Ele pode estar contaminado por bactéria ou fungo. O melhor a fazer é se livrar dele para evitar uma infecção. Por falar em bactérias, nunca dilua um produto em água para aproveitar a última gotinha dentro da embalagem - ou amolecer máscaras para pestanas. Adicionar água a uma fórmula dilui o sistema de preservação, o que permite o crescimento de bactérias perigosas.

Aparência bifásica

Se o produto se separou em duas partes, isso é um mau sinal. E você não deve tentar consertar o problema misturando-as novamente. Isso acontece com maior frequência em champôs anticaspa e protectores solares, por exemplo. Uma vez que ele se separa do resto da fórmula, o efeito final não será satisfatório.